segunda-feira, outubro 05, 2009

video
Rio 2016

“Esdruxulices” à parte, a verdade por trás de uma Copa e uma Olimpíada no Brasil vai ser a mesma verdade do Pan 2007, onde se estimou R$ 412 milhões, e no final ficou em torno de R$3,6 bilhões aos cofres PÚBLICOS, que segundo relatório do Tribunal de Contas da União o governo federal gastou 1.289% a mais do que estava planejado no início do projeto, ou seja, eles inventam a festa e nós pagamos a conta. Até hoje ninguém prestou contas, nem há sinais de que um dia irão prestar. Um país onde pessoas morrem nas portas dos hospitais, onde a miséria e a desigualdade vomitam violência e ódio pelas ruas, não é possível conceber tamanha monstruosidade de gastar mais R$180 milhões só com as candidaturas (inclua a primeira candidatura olímpica Rio 2012), e mais a bagatela de R$25,9 bilhões (estimado, pois ainda não incluíram a fatia deles), sabido que estes valores triplicam ou quadruplicam conforme se aproxima o evento. É muito dinheiro para um país miserável e analfabeto jogar pela janela. Mas isto é reflexo deste governo que nada no pântano da corrupção, onde deputados, vereadores e senadores esfregam as mãos a cada votação para aumentar seus benefícios e influências, onde se levantam castelos, empregam seu imenso clã, aumentam em quase 8.000 a quantidade de cadeiras para vereadores pelo Brasil, compram submarinos e caças pelo dobro do preço, etc.
Se você realmente é patriota, vai entender minha indignação, ser patriota não é vestir camisa amarela, peruca black power verde, corneta, bandeira e gritar Brasilllllzilzil!!!!
Ser patriota é muito mais do que isso, ser patriota é olhar para este banquete de vampiros e sentir nojo, é pagar seus impostos, honrar seu trabalho, sua família, ensinar valores morais a seus filhos, cobrar destes senhores que se empregue este disparate de dinheiro em um projeto sério, que forme atletas, cidadãos, e acima de tudo, que com este valor se invista em educação e saúde, para que a criança do morro de hoje não veja a Olimpíada pelo lado de fora em 2016, mendigando alguns centavos dos turistas. Uma potência esportiva começa com um povo saudável e educado, o verdadeiro esforço olímpico do brasileiro vai ser o desafio de sempre: SOBREVIVER!